Vou Comer Uma Fatia De Bolo-rei

Hey pá, eu gostaria de dizer que 2017 foi muito bom e que espero que 2018 seja ainda melhor…

Hey pá, gostaria mas sou um gajo honesto. Aliás, uma bela virtude que me impede de ser rico e ir passar o ano em Cancun (México) na companhia de uma gaja boa de doer.

É que 2017 foi uma merda. E ainda por cima merda de gajo que só come o que 100% dos iluminados nutricionistas de hoje dizem que não devemos comer. E só por extrema educaçao que minha mamã me deu não vou dissertar sobre a cor e a consistência da merda que foi.

E já 2016 foi deplorável. Sim, deplorável tipo “chamem o 112 que este gajo tá com má cara, mesmo”. Ora cum carago. Eu sou um gajo das matemáticas, porra. Se eu traçar a linha de tendências em função dos registos dos últimos anos, eu vou continuar a afundar em 2018. A matemática é uma ciência exacta, carago. Isto tá negro pró meu lado como pró lado do Benfica, com este tsunami de emails que teimam em serem verdadeiros.

Que fazer então? Hey pá, se não os vences, junta-te a eles. Vou mentir. Ser falso. Dissimulado. Seguir o maior monte e repetir o que eles dizem, pronto. Sim, repetir. Papaguear. Ser mais um. Da mesma cor. Amenizar tudo e todos, pronto.

Por isso, muita saúde, felicidade, dinheiro e paz para 2018. A todos os meus amigos e inimigos. E paz na terra aos homens de boa vontade. Assim tipo Trump…

Agora vou comer uma fatia de bolo-rei…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.