Um Tsunami De Assédios

O assédio sexual está no nosso ADN… Fica bem, porque se usa muito, dizer “ai tal e coisa, isto e aquilo está no nosso ADN”. E então no mundo do futebol onde, logicamente, se usa linguagem própria do mundo do futebol, começa a usar-se assim tipo “está no ADN do clube” ou “está no ADN da equipa”. Fica bem, pronto. Torna-nos pessoas inteligentes e ficamos

Cidade do Porto