Leio, Logo Talvez

A ignorância é, sem dúvida, uma arma não letal muito usada por pequenas forças dominantes em pequenos ou grandes contextos totalitários. Mas o que é um facto é que mantermo-nos na ignorância, quais “Homo ignorans” assim um pouco na onda do “A ignorância é uma benção!” ou de “Se desconheço, não serei responsabilizado!”, é efetivamente um garante de alguma proteção individual. Sim, concordo, a ignorância

…É Quando Um Homem Quiser -p2

…E enquanto neste vinte-vinte-e-um, deveras perto do fim, não temos feito mais que no finado vinte-vinte, que foi, é e será fugir à doença e ao fenecimento, ajunta-se-lhes uma saraivada de tantos outros prenúncios de drama, quiçá de tragédia, de norte a sul, oriente a poente, pois se assim não fora não estiveramos a falar desta mole da raça animal que teima em ostentar-se como

Irritações na Sombra do Eixo

A COVID-19 e os quase 3 milhões de vítimas que causou em todo o mundo até hoje, podem ser o tema central dos nossos pensamentos mas não devem ser o único. Deve haver espaço para o devaneio, a distração, o relaxamento dos circuitos nervosos com, por exemplo, trivialidades como o que está a bombar nos canais da nossa TV. Ultimamente, por tanto tempo passado em

Cat Woman -p2

O meu primeiro Cat Woman foi escrito em 15-Julho-2019. Um ano depois, só posso dizer o que disse nessa altura mas agora a dobrar: se há animal que a mulher quer o menos possível chegado a ela, é o homem… Tenho tido a possibilidade de observar com alguma frequência o comportamento de um dado gato. Bom, na realidade é uma gata mas para este meu

Zensual

Se misturarmos o ZEN com o SENSUAL, obteremos o tema “Zensual” de Karunesh, um músico que cruza o lado asiático da música da Nova Era.

Sou muito pouco Zen, porque geralmente recuso qualquer tipo de meditação, muito menos vindo de algum tipo de orientação religiosa, o Budismo neste caso. Mas eu aprecio o lado sensual da vida quando isso está conectado à sensualidade feminina. Eu não medito, em vez disso eu penso. Consequentemente, eu existo…

Mais Uma Brasileirada…

O Brasil continua a divertir o mundo. O COVID-19 não é suficiente para dar “show de bola” e por isso inventam-se outros forrós para manter viva esta imagem de carnaval e futebol, intercalados aqui e ali de samba ou bossa-nova, que todos conhecemos deste nosso país irmão onde um dia um compatriota nosso atracou para mostrar que tinha descoberto alguma coisa…. Jair Bolsonaro é o

Os Gordos -p3

Os nossos médicos sempre foram uns iluminados. E tanta iluminação tem trazido os seus proveitos à classe dos ditos cujos que ao longo de muitas décadas tem sido uma classe de previlegiados. Ser médico em Portugal significa estar bem de vida e pronto, não falta juventude a querer ser mais um doutor… Mas a parte que mais me irrita é a solução que eles engendraram

Corona Com Lima

E tem que ser com lima (fruto). Porque limão não é a mesma coisa. É cítrico na mesma mas limão é limão e lima é lima. E Corona Extra bebe-se com lima… “Em Roma sê Romano”, no México sê Mexicano. Esta nossa capacidade metamórfica em função das nossas necessidades mais prementes é uma das características mais fabulosas do ser humano. E das mais perigosas. Assim