Sexismos…

O tradicional (e mal formado) homem diz que “sexista” é a forma camuflada de certos machistas se declararem como tal, sem terem que usar a mais que gasta e infinitamente detestada palavra “machista”.

Eu, homem tradicional[1] mas bem formado[2] digo que sou “sexista” mas não “machista”. Um dia vou falar aqui sobre a diferença. A diferença que eu vejo. E eu sou importante para mim mesmo na forma como vejo as coisas. E como as interpreto. Até lá, uma foto que aponta para aquilo que nos[3] enche a vista: um corpo feminino “despido de preconceitos”. A “preto e branco” só para contrariar a era “a cores” que vivemos atualmente.


Nu no feminino.

É também para contrariar a era “igualdade de género” que vivemos atualmente que escrevo este singelo texto. Não estou nessa de igualdade de género. Que igualdade, qual quê! Quero as diferenças bem marcadas. Gajo é gajo. Gaja é gaja. Outra coisa é outra coisa. Ponto!

Que os deuses nos protejam destes modernismos cavalgantes…

  1. Estou a mentir! Tenho muito pouco de tradicional.
  2. Esta é boa! Tão discutível também…
  3. “Nos” de nós homens que apreciamos o “sexo oposto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.