Ruzzo & Azzazzino

Aos 40 dias de barbárie perpretada por esse povo animalesco que habita as estepes geladas da imensa terra onde imperam os czares e a vodka, vale a pena relembrar, para nunca mais esquecer, o focinho desses mostrengos com aspeto de humano que têm ocupado uma posição especial na origem e destino da dita operação militar especial para “desnaZificar” a Ucrânia…

Eu diria que em apenas 40 dias estas coisas de aparência humana que fazem parte desse tétrico ‘Clube Z’[1] que invade e massacra a seu bel-praZer, fazem Hitler, o tal do naZismo original, parecer não mais que um menino do colégio alemão, um adolfinho que um dia acordou assim a modos que ZonZo e decidiu fazer de mau numa fita, que também ninguém levou a sério até que ele começou a rebentar com tudo e com todos. Convenhamos que me impressiona a expressão de mau mentiroso com carinha de cordeiro que todos estes ruZZos de mau pelo[2] conseguem assumir quando são postos a grunhir na TV, na ONU ou num qualquer cantinho deste mundo onde somos obrigados a ouvi-los e a acreditar neles, caso contrário o maestro que os maestra carregará no botão do apocalipse final…

E aqui estão os ruZZos aZZaZZinos “mais procurados” (Wanted) da atualidade (não contando com o boss deles, claro):

  1. Igor Konashenkov, porta voz do ministério da defesa
  2. Vasily Nebenzya, embaixador permanente da Rússia na ONU
  3. Dmitry Peskov, porta voz de Vladimir Putin
  4. Sergey Lavrov, ministro das relações exteriores

Note-se que os cartazes não indicam qual é a recompensa (REWARD) porque ela é uma única e igual para todos, aquela que todos nós ocidentais ansiamos: paz! Que bom que isto seria se fosse como nos velhos westerns[3] onde sempre aparece um herói que mata os bandidos todos. Infelizmente para todos nós, a realidade não imita a arte pelo que vamos continuar a assistir a este desolador massacre de um povo tornado vítima da barbárie de outro enquanto sentimos aquele nó na garganta de quem é, porque assim se fez, totalmente impotente…

Afinal, que mais se poderia esperar de um presidente que foi agente da KGB?

  1. A letra Z identifica os carros de combate russos que invadem e destroem a Ucrânia. A partir de agora Z é sinónimo de massacre, barbárie e crimes de guerra.
  2. A expressão original é “ruço de mau pelo” mas degenerou na expressão popular “russo de mau pelo” como referência a homens de cabelo loiro/ruivo (ruço) que não eram grande coisa… O uso da palavra “russo” acontece pelo facto de muitos dos cidadãos da Rússia terem cabelo loiro.
  3. Vulgo “filmes de cowboys” ou “filmes de faroeste”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.