Patética ONU

É triste, muito triste!

Um estado criminoso (Rússia) cujo líder tem um mandato de captura por crimes de guerra, está agora a presidir o Conselho de Segurança da ONU.

Patético!!! A humanidade está a ficar doida…

Mas relaxemos… Sugiro hoje o adágio (música) que é por muitos considerado o mais triste de todos os adágios. Ouvi-o pela primeira vez a ver o filme de guerra “Platoon”, há muito, muito tempo…

“Adagio For Strings, Op.11” de Samuel Barber
Executado pela Filarmónica de Viena numa noite de Verão em 2019
Imagem de destaque é uma edição de uma imagem do The New Yorker

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cidade do Porto