Dois Milhões De Pobres

Num conjunto de dez milhões estamos a falar de cerca de 20% de pobreza. Mais corretamente, gente que tocou ou ultrapassou o limiar de pobreza. Ou seja, sem vestuário, sem alimentação ou sem alojamento.

E quando isso acontece com portugueses que até estão empregados, isso perturba. Imaginemos que salários recebem tais infelizes. Ou que situações perniciosas vivem. Sejam ou não culpados da sua própria miséria. Vivem ao nosso lado. Convivem connosco. São tugas como nós. Tugas miseráveis. Pobres. Vivendo dramas sem solução.

A crise não ensinou nada a muitos tugas. O consumismo voltou. Galopante como sempre. Oh que cegueira provoca essa tal doença que nos consome tanto mais quanto consumimos. Anos de privação, de vergonha pessoal e nacional… Para voltarmos ao mesmo. Logo, logo aos primeiros sinais de retoma. E ninguém esperou a confirmação de uma retoma que eu ainda não consegui ver mas que outros, muitos outros, já nem tomam como sendo um assunto.

Assim, hoje somos 2, amanhã seremos muitos mais. Que pobreza de espírito deste povo sentado na praia à espera do regresso da solução, numa manhã de nevoeiro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.