Aridez Emocional

A diferença entre ‘sentimento’ e ‘emoção’ ou entre o ‘estado sentimental’ e o ‘estado emocional’ é tão ténue que por vezes é tida como nenhuma. Na qualidade de homem pragmático, que em mim tomo como uma caraterística inata, não sou muito dado a um ou outro estado mas, em compensação, nutro uma elevada simpatia por ambos. Estava eu conversando com alguém sobre as coisinhas da

Gradual Asfixia

De vez em quando dou comigo pensando em decisões. As tomadas. As não tomadas. As que outros podem ter tomado. Boas. Más. Desenhadas de forma simples com a perfeição que só a distância pode proporcionar. Aqueles “Se eu fosse você…” são encantadores! Sempre… Pequenas deambulações por um passado cheio de tudo e de nada. Uma ténue indecisão aqui e ali. Ficar parado não é uma

Vangelis

Evángelos Odysséas Papathanassíou, conhecido no mundo artístico por “Vangelis”, era um compositor de música eletrónica, progressiva, ambiente e orquestral. Grego, nascido em 1943 e falecido em 2022, são incontáveis os temas por ele criados e inarrável a qualidade dos mesmos… Vangelis foi um mestre na onda musical que se convencionou chamar de New Age mas também produziu bandas sonoras para filmes que tiveram grande sucesso.

FC Portooooo…

We (FC Porto) are the champions, my friends (the real ones) And we’ll keep on fighting ‘til the end (…of times) We are the champions (again) We are the champions (… and again) No time for losers (Sport Lisboa e Benfica) ‘Cause we are the champions of the world (Porto is a nation) — Acompanhar com a música dos Queen…. ihihihihihihihih… — Campeões, campeões, olé,

Ei, Ei, Levanta-te

Para mim, um incondicional fã dos Pink Floyd desde a minha adolescência, é uma forte comoção ver os sobreviventes desta banda levantarem-se, após longo período de inatividade artística, para apoiarem quem muito de nós precisa: a Ucrânia. E desse ato bondoso nasceu a “Ei, ei, levanta-te” em colaboração com um cantor ucraniano, Andriy Khlyvnyuk. Bem haja, gente boa esta… Dos quatro músicos que iniciaram os

Ruzzo & Azzazzino

Aos 40 dias de barbárie perpretada por esse povo animalesco que habita as estepes geladas da imensa terra onde imperam os czares e a vodka, vale a pena relembrar, para nunca mais esquecer, o focinho desses mostrengos com aspeto de humano que têm ocupado uma posição especial na origem e destino da dita operação militar especial para “desnaZificar” a Ucrânia… Eu diria que em apenas

Que Arda No Inferno

Aquela ‘selfie’ que traria alegria a meio mundo… FIG — Falta muito para acontecer? Claro que o outro meio-mundo[1], assim tipo chineses, indianos, africanos e vários outros amantes da escravização da mulher[2] e da criação em massa da miseribilidade humana, iriam chorar! É a velha história, não se pode agradar a gregos e a troianos mas que eu gostaria mesmo de ver esta ‘selfie’ acontecer,

Jogos Tolos

Quando as palavras não existem porque já não seriam suficientes. Ou quando existem mas ninguém as quer proferir. Nem ouvir. Quando a desilusão já ocupa um espaço da existência mais do que devia. Quando já não se ouve a mesma canção. Não se degustam os mesmos sabores. Ou se inalam os mesmos odores. Quando estar ausente é um tão intenso prazer como era o estar

Cidade do Porto