Basta De Touradas

O senhor Pinto da Costa tem razão: proíbem público no futebol mas admitem nas touradas?

O que é triste neste país é que a Assembleia da República aprove subsídios públicos à tauromaquia. O que é triste neste país é que as mulheres que se dizem lutadoras pela emancipação da mulher se submetam a esta inequívoca manifestação de marialvismo. O que é triste neste país é que educadores aprovem e promovam a participação de crianças nestas demonstrações de barbaridade onde as pessoas sentem prazer a ver a martirização de animais. O que é triste neste país é ver dondocas todas abespinhadas quando se maltrata um “lulu” mas vão ver este espetáculo oriundo de tempos bárbaros.

O senhor Jorge Nuno Pinto da Costa tem razão. Se pode haver público nas touradas também poderia, e deveria, haver nos jogos de futebol. Claro que eu teria preferido que o senhor Pinto da Costa tivesse dito “não entendo porque ainda há touradas neste país”. E por favor, não venham com tretas “a la André Ventura” dizendo que isto é uma questão de cultura e tradição. Também era uma questão de cultura e tradição em Roma enviarem os cristãos para as arenas para serem devorados pelas feras enquanto milhares se divertiam. Também era uma questão de cultura, a Ariana, os Nazis enviarem os judeus para as câmaras de gás. Também é uma questão de cultura, a Islâmica, o Estado Islâmico usar mulheres como escravas sexuais e torturar homens de outras religiões até à morte. As tradições aniquilam-se quando descoberta a sua barbaridade. A cultura tem que se adaptar à evolução.

Em Portugal, a maioria do povo ainda sente prazer ao ver torturar animais. E essa maioria promove nos seus filhos o mesmo prazer.

Tenho vergonha ! Se você também tem, partilhe-a…

Leia o artigo AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.