Burlesco Russo!

A violência ontem ocorrida na sala de concertos de Moscovo[1] é ainda ínfima em comparação com a violência praticada pela Rússia em todo o lado, nomeadamente na Ucrânia. Como sempre, o sangrento regime russo, Putin & Seus Fantoches, culpará todos menos a si próprio. Tenhamos em mente que quem com ferros mata, com ferros morre… Que conveniente, este suposto ataque terrorista pelo ISIS-K[2] logo após

Patética Rússia

Será que os Russos não conseguem ver o quão patéticos são? Quem, no seu perfeito juízo, pode levar a sério um país onde os candidatos às eleições presidenciais são aprovados pelo candidato em exercício? E onde, muito antes das eleições, já se conhece de antemão o vencedor, só faltando saber se o candidato incumbente ganhará por 95 ou 98% dos votos. Apenas 3 candidatos foram

Colloquy Potestas

Quem disse que todos os problemas podem ser resolvidos através da discussão? Simplesmente não podem até porque nem sempre da discussão nasce a luz. Na verdade, muitos problemas começam exatamente durante a discussão e então da discussão nasce a escuridão. Digamos que, porque sou um amante das coisas básicas e simples, é melhor ficarmos de boca fechada se não tivermos a certeza do que dizer

Epidémica Insanidade Mental -p7

Abananados com o resultado das eleições? Num estado quase alucinogénico porque PS e AD estão quase em empate técnico e o comentador benfiquista afinal vai mesmo ter voto na matéria? Não conseguem compreender porque um partido fascista, racista, xenófobo e arruaceiro[1] chegou aos 18% de uma população que desta vez até nem se absteve por aí fora na vã tentativa de pôr alguma ordem na

Unintended

( … ) ELA: Eu sou simpática. ELE: Pareces… ELA: Parece que somos a antítese 😊 ELE: Quem sabe? Estamos na fase de descoberta mútua. Se isso for verdade não iremos falar muitas vezes. ELA: O facto de sermos a antítese não quer dizer que não possamos ser amigos. ELE: 🤔 ELA: Até podemos aprender um com o outro. ELE: Sim, isso é verdade, sou

E Lisa

E que tal uma seleção do melhor de Lisa Gerrard em CD? Um “best of”… FIG – o melhor de Lisa Gerrard por ZeBarbosa. Sei, não é para todos, apenas para pragmáticos sensíveis[1] como eu. E também só para gente antiga (como eu) que ainda usa CDs. É que eu sou da geração do Disco de vinil, da geração que viu o CD a nascer[2]

Os Modismos: Esfarrapados

Não é de agora mas apenas recentemente encontrei uma bela piada sobre as modas da atualidade, nomeadamente no que se refere ao vestuário, que aqui apresento para gáudio de quem é proprietário d’um sentido de humor compatível. A história é simples: um pedinte vê a sua situação pela positiva ao cruzar-se na rua com duas brasas andantes, todas XPTO. Desculpem-me a brejeirice mas eu não

1 2 3 26
Cidade do Porto