A República é Racista, Abaixo Já !

Bom, foi o título mais imbecil que encontrei depois de toda a imbecilidade que grassa por esse mundo fora, nomeadamente em Portugal, perpretada por idiotas que querem destruir a História, do mundo em geral, de Portugal em particular…

Se passarem pela Praça da República, Porto, vós imbecis dotados de comportamentos de manada façam-me um favor, deitem abaixo aquela estátua perto do que era o Quartel General da Região Norte. Porquê? Aquela mulher de peitos firmes, mas pequenos em proporção ao corpanzil de mulher que parece ser do Norte, é o símbolo mais extremo do racismo em Portugal. A senhora República é racista, opressora, surda e muda que nem uma rolha. A senhora República invadiu territórios Africanos, exportou escravos negros para o Brasil, foi à India dar uma perninha para se aproveitar da coitadice daqueles adoradores de vacas, praticou a escravização de amarelos em Macau e abusou sexualmente de brancos em Portugal durante cerca de 50 anos.


A senhora República.

Vão á Praça da República e deitem abaixo aquela mulher. Bom, não naquele sentido conhecido pelo macho latino, que adora deitar abaixo qualquer gaja que tenha um belo par de mamas e não tenha pila, mas no sentido do deitar abaixo estátuas à semelhança do que tem sido praticado ultimamente por esse mundo fora. Força, faço questão. Ainda por cima a moça tá cheia de merda de pombos, talvez de gaivotas ou de outro objeto voador não identificado. À primeira vista pareceu-me cagadelas de pombos! Mas usei a minha camera e fiz um zoom, porque a vistinha já não é o que era. E fiquei confuso… Pensei, os nossos pombos estão a comer o que não devem, tal é a proficiência de tais cagadelas. Depois pensei que talvez tivessem sido gaivotas, campeãs de cagadelas em pleno voo. Mas mesmo assim, a coisa era demais profícua para ter sido perpretada por um mero pássaro. Pensei então, ah, deve ter sido alguma dessas vedetas que decidiram de repente ser anti-racistas, em nome de um George Floyd qualquer do qual apenas ouviram falar no tele-jornal das 20 horas. Então deve ter saído à rua, galgou a senhora República e obrou tanto quanto podia sobre a dita. Bem, eu preferia imaginar a cena muito porno em que a senhora República era vítima de “gang bang” levado a efeito por uma data de pretos dotados de profícuos bacamartes a virem-se sobre a senhora…

Bem, deixem para lá, apenas me lembrei de escrever estas singelas words depois de ouvir o nosso querido presidente da República, meu admirado Marcelo Rebelo de Sousa, a chamar imbecis aos gajos e gajas que andam por aí a destruir estátuas. E usou as palavras “imbecis” e “imbecilidade” várias vezes. Ele tem razão, penso eu de que… Padre António Vieira? A sério?

Eu chamei-lhes idiotas mas imbecis fica melhor, concordo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.