Ai Jesus…

Ai Jesus que lá vou eu…

Chegou, viu e venceu. Bem ao jeito de Jesus, entra de chancas, vence e finalmente… Não tem paciência para o que vem a seguir. Foi assim no Sport Lisboa e Benfica, quase foi assim no Sporting Clube de Portugal mas será que será assim no Clube de Regatas do Flamengo?

Os Brasileiros são a modos que uns seres estrombólicos. Ou seja, tal como a palavra estrombólico serve para qualquer coisa que para nós é quase indefinível porque incompreensível, o Brasileiro é estrombólico. Perto de 200 milhões de coisas mirabolantes que pouco mais que futebol, samba e caipirinha são. E Jesus aterrou ali, bem no centro de um planeta de coisas estranhas que deambulam por lá ao ritmo de uma coisa que se chama samba e ao som de uma coisa que se chama religião.

Afinal samba não é mais que uma troca de pés sincronizada ao som de uns batuques que Brasileiro nunca esqueceu dado o facto de batuques e penas serem as suas origens. Jesus passou por aquela terra e tá agora num filho da puta de um imbróglio do caraças… Em 6 meses ganhar a Libertadores e o brasileirão é dose. Isso, enquanto por cá ganhamos taças, por lá ganham copas. Enquanto por cá temos os guarda-redes, por lá têm os goleiros. Brasilieiro é doido mesmo! Mas são felizes assim… Que seja feita a sua vontade!

Jesus é o salvador do Brasil. Em tão pouco tempo ganhar os 2 mais apetecíveis troféus por qualquer brazuka desejados dá para ser mais que Jesus. Dá para passar a Deus. E assim deus é Jesus e Jesus é deus. Só que os brazukas não sabem ainda que jesus é treinador de primeira. Velocidade! Arranca em grande mas depois não passa dos 60 a 70 km por hora e acaba por se irritar com tanta lentidão…

Jesus tem que aproveitar o momento. Sentir a febre daqueles malucos todos que apenas vivem à custa da energia de emoções. É algo que não se deve desperdiçar. Depois disso, deve beber umas caipirinhas, saborear umas de Picanha e sair dali. É que Brasileiro é pior que catavento em dia de tornado. Vira tanto que até quebra!

Ai Jesus! Um tuga no meio de 60 milhões de coisas por aí…


Jorge Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.